Promovendo cultura: Poesia no Brasil.


A poesia é uma forma de expressão marcada pela subjetividade, que tem como objetivo revelar pensamentos, sentimentos e estado de espírito. Ela retrata algo pela ótica da imaginação do poeta e do leitor.


Composta por atributos metafísicos e existenciais, permite a expressão de sentimentos recônditos, por meio do uso de recursos linguísticos e estéticos. Considerada uma das sete artes tradicionais, a poesia é uma forma de expressar a linguagem humana com fins estéticos ou críticos.


Definida por sua forma estética e pelo sentido da mensagem poética, em sentido mais amplo, se define como a própria arte. Ela contempla diversas formas de expressão, podendo estar presente na pintura, na escultura, na música, na fotografia e até mesmo em pequenas situações do cotidiano.


Conceito


As diferenças formais e contextuais da poesia são objeto de estudos recentes que buscam uma definição que possa abranger tais diferenças nas expressões poéticas. Com o objetivo de traçar a evolução do conceito de poesia, o historiador polonês Wladyslaw Tatarkiewicz afirma que existem dois conceitos que podem defini-la.


Considerando que o termo poesia é aplicado para dois objetos distintos, o autor assinala que primeiro conceito é o de “arte baseada na linguagem” e o segundo assume um significado mais geral, como “estado da mente”.


Cabe ressaltar que o contexto é essencial para o desenvolvimento do gênero e da forma poética. As poesias que registram eventos históricos de forma épica, por exemplo, são narrativas mais longas, enquanto poesias litúrgicas como hinos e salmos são mais curtos e adotam um tom de inspiração espontânea.


História



A história da poesia é anterior à história da escrita, aparecendo nos primeiros registros da maioria das culturas letradas. Essa forma de expressão foi utilizada em obras antigas, tais como os vedas indianos (1700–1200) e os Gathas de Zoroastro (1200–900 a.C.). Utilizada nessas composições, a forma poética ajudou na memorização e na transmissão oral das histórias das sociedades antigas e pré-históricas.


Entre os principais registros de poesias antigas, destacam-se os poemas épicos como a Epopeia de Gilgamexe, originado na Mesopotâmia, em escrita cuneiforme em tabletes de argila e, posteriormente a epopeia grega “Ilíada e Odisseia”, os livros iranianos antigos Gathas Avesta e Yasna, e os épicos indianos Ramayana e Mahabharata.


Pensadores antigos se propuseram em determinar o estudo da estética da poesia, chamados de poética. Merece destaque na tradição ocidental, o filósofo Aristóteles (384-322 a.C.). Já em sociedades antigas orientais, como a chinesa, esse campo avançou através do Shi Jing (Clássico da Poesia) da tradição do confucionismo.


Tipos


Classificada com base em suas características, a poesia se divide em três gêneros: poesia lírica, poesia épica e poesia dramática.


Poesia lírica: caracterizada pela subjetividade, a poesia é aquela na qual o poeta expressa sua visão de mundo, sua realidade e seus os sentimentos, com atenção para estética, a técnica e a métrica. Com estética apurada, os textos líricos são escritos em versos e possuem linguagem elaborada apego à forma estrutural. A poesia lírica é formada por métrica, verso e rima.


Poesia épica: marcada pela objetividade, na poesia épica se apresentam os fatos que são considerados importantes para o poeta. O texto predominante nesse gênero, geralmente, é narrativo, de longa extensão e eloquente. A poesia épica aborda temas como guerra ou outras situações extremas. Ela revela ecos com as ações heroicas, se importando com a constituição formal, demonstrando uma preocupação com temas e técnicas poéticas.


Poesia dramática: a poesia dramática possui caráter duplo se apresentando com características de subjetividade e objetividade, predominando aspectos do gênero épico e lírico. Apesar de manter a narrativa épica, transfigurava os narradores em personagens das ações, de modo que retrata seus estados emotivos, conferindo assim um caráter lírico.


Exemplos:


Para perceber a poesia é precisa estar aberto às diferentes experiências sensoriais. A poesia reside no campo das emoções e se manifesta através de palavras, cores, imagens e sons, sobretudo, quando esses elementos estão carregados de sentimentalidade. Ela pode ser encontrada em:


Poema:

Soneto de Fidelidade De tudo ao meu amor serei atento Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou seu contentamento E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama Eu possa me dizer do amor (que tive): Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure. Vinicius Moraes

Pintura:


O quadro "O Beijo" do pintor austríaco Gustav Klimt passa uma mensagem de amor, onde retrata homem e uma mulher abraçados sob um tapete de flores e homem inclinado a beijá-la.


Música:



O Seu Olhar

O seu olhar lá fora

O seu olhar no céu

O seu olhar demora

O seu olhar no meu


O seu olhar seu olhar melhora

Melhora o meu


Onde a brasa mora

E devora o breu

Como a chuva molha

O que se escondeu


O seu olhar seu olhar melhora

Melhora o meu


O seu olhar agora

O seu olhar nasceu

O seu olhar me olha

O seu olhar é seu


O seu olhar seu olhar melhora

Melhora o meu


Arnaldo Antunes


Diferença entre poesia e poema


Embora muitas pessoas confunda, a poesia nem sempre está relacionada com poema. Além de não ser exclusividade da literatura, a poesia se difere do poema, pois ela é um elemento maior do que a estrutura textual. Isso significa que o poema é a forma como o texto se apresenta, enquanto a poesia é o que dá a emoção ao texto.


O poema faz parte dos gêneros literários, apresentando características formais e temáticas que permitem sua identificação entre os outros gêneros. Já a poesia pode ser as mais diversas manifestações artísticas, seja na literatura, nas artes plásticas, na fotografia, na música ou no cinema.


A poesia não é, necessariamente um texto, mas tudo aquilo que de alguma forma encanta ou inspira. Ou seja, qualquer forma de arte que sensibiliza e desperta sentimentos. O poema, por sua vez, possui uma composição formal com versos estruturados de forma harmoniosa, no qual a estética se apresenta em forma de palavras.


Assim, seria um equívoco considerar a poesia como um gênero literário ou mesmo usá-la como sinônimo de poema, uma vez que se trata de algo muito mais ampla que contempla as mais variadas formas de expressão.